Não sou fã de passagens de ano (ver mais abaixo), mas ontem, por uma junção enorme de factores, passei uma noite simplesmente fantástica.
Vou para aqui referir nomes (espero não me esquecer de ninguém) de pessoas com quem estive durante a noite e das quais vão ficar memórias de uma entrada em 2006 com o pé direito.
O jantar com a B., a Rasta, o Filipe, o Waffles e o William (caneco… o vinho que tu trazes lá de Fermil é nectar dos deuses!). Ó B., para a proxima cozinha algo que te mate a fome a noite toda :D
O encontro na baixa com a Rita (a minha maninha mais-que-tudo), a Sara, a Ana Cristina e os amigos da Rita (da Claudia lembrava-me da passagem de ano no ano passado em Óbidos). Pessoal porreiro…
O fogo de meia-noite, a festa na rua.
A ida para o Rádio, a mini-chuvada da praxe.
O Pitza e a namorada (ah malandro, tens bom gosto ;) ) e o Mendonça que saíu de Freamunde já depois da meia-noite para estar connosco.
O ambiente e a música no Rádio (junto à Alfândega)… Strokes, Kaiser Chiefs, Morphine, Bloc Party, New Order, Europe, Young Gods (nesta altura até mandei uma mensagem ao Felgas para que ele soubesse que estava a ouvir os nossos Young Gods)…
A viagem para casa e a conversa sobre maçonaria, templários, teorias de conspiração com o Waffles. (E a música do “Cão do Campos”)… simplesmente fantástico!

Eh pá, obrigado pessoal! Dá gosto começar o ano assim.

There are currently no comments.