Salvaguardando as devidas diferenças, acho curiosos os números:

50.6 % vota pelo candidato da direita.
49.4 % vota pelos candidatos da esquerda.

30.000 mil votos deram a maioria a Cavaco.

Assim de repente, os números fazem-me lembrar o dia 2 de Novembro de 2004.

There are currently no comments.