Há personagens que já não me conseguem irritar. O caquéctico João Jardim é uma delas. Se um gajo não o levar à letra, o homem consegue ser dos melhores entertainers que Portugal já teve a oportunidade de ter.
Qual Sr.Feliz e Sr.Contente, o homem revela-se um saco de pérolas humorísticas.

Estas são as últimas:

O PSD Madeira prepara-se para acabar com as comemorações do 25 de Abril na região. Jaime Ramos, lider parlamentar dos sociais-democratas madeirenses, apresentou um requerimento à Assembleia Legislativa no sentido de este ano não haver sessão comemorativa da Revolução de 1974, simplesmente por “não ser oportuno”.


Já no ano passado Alberto João Jardim admitia a extinção da sessão, argumentando com “a falta de nível” das intervenções da oposição. Segundo o líder madeirense, “o 25 de Abril merece outra dignidade que não aquela cagada”.


Em artigo de opinião publicado no ‘Jornal da Madeira’, Jardim fala em “Ayatholas do 25 de Abril”, “hipócritas” e “sacerdotes fundamentalistas do regime”.

Este gajo é um génio! \o/
There are currently no comments.