E se de repente eu perdesse a cabeça e decidisse candidatar-me a treinador do Porto?
Já não ía ser original.
Um inglês decidiu pegar no seu currículum do Football Manager 2005 e concorrer ao lugar de treinador do Middlesbrough. E esteve perto de o conseguir (ou não).
Brutal a forma como ele teve a coragem de enviar o currículum, muito mais brutal a resposta do clube. A provar que no futebol também se sabe brincar a sério.

De seguida ficam as imagens das cartas que o inglês enviou, a cópia do seu currículum (pode ser que o Veiga veja isto e fique a pensar seriamente no assunto à 5ª jornada, quando mandar embora o Fernando Santinho), e a cópia da resposta do clube.
Cliquem nelas para ampliar. Vale mesmo a pena ler os textos.

  • Carta de introdução do candidato, onde pontificam pérolas como “A minha experiênca no FM 2005 inclui ligas, taças e competições europeias, o que me permitiu ser expert em tácticas, gestão humana, etc…” :
  • O excelente currículum do interessado, de onde destaco a fabulosa linha no parâmetro “Destaques de carreira” : “Contratação de Henry, Raul e Torres como avançados do Doncaster“.
  • E finalmente a grande resposta do Boro…

Comment ( 1 )

  1. ReplyJC Barros
    O FC Porto nunca se dignou a responder-me :(