Tenho vindo a dizer aos meus amigos que acho que Portugal vai fazer um bom campeonato do mundo, e que vai bastante longe. Tem uma equipa sólida, embora não a melhor que podia ser construída (Quaresma em vez do Boa Morte, Tonel em vez do R. Costa, João Tomás em vez do Postiga). Mas ainda assim, e pelos jogos de preparação que tenho visto das outras equipas (Holanda, Argentina, Alemanha, etc.) na SportTv, acho que Portugal tem jogadores claramente melhores e capazes de chegar bastante longe.

No entanto há um gajo que me continua a irritar… profundamente. Isto foi o que ele disse ontem a um jornal brasileiro

Luiz Felipe Scolari minimizou ontem, em declarações ao jornal “Zero Hora”, do Rio Grande Sul, o tom das críticas em torno do seu trabalho à frente de Portugal. Segundo o seleccionador português, o povo está ao seu lado e as vozes contestatárias estariam limitadas a um pequeno grupo de intelectuais. Com uma linguagem a rondar o limite da agressão verbal e sem nunca citar nomes, o técnico brasileiro afirmou que o comportamento destes críticos, no fundo, não passa de uma manifestação de racismo.

“São uns quatro ou cinco intelectuais. Aqui, quando eu falo em bandeira, em pátria, em nacionalismo, é porque sou pregador. Na verdade, é preconceito contra brasileiro mesmo. Eles têm bronca, raiva e inveja dos brasileiros”, afirmou em entrevista ao jornal “Zero Hora”, publicado no Rio Grande do Sul, o seu estado natal no Brasil.

“Um diz que é cineasta. O outro, o pai dele foi um grande escritor. O pai, né, porque ele é uma bosta. Um terceiro recebeu uma herança do tio e ficou rico. E tem uma mulher famosa aqui que diz ser a Marília Gabriela [famosa entrevistadora da televisão brasileira] de Portugal. Só. Não entendem nada. Criticam-me porque coloquei a selecção a treinar num clima de 27ºC. Nós treinámos às cinco e meia da tarde, aí está uns 23º. Quando formos jogar na Alemanha, com 15º, os jogadores vão estar voando”, acrescentou.

O comportamento dos portugueses nas ruas, ainda conforme o seleccionador português, contrasta radicalmente com os ataques destas vozes críticas. “Quando saio na rua é uma loucura, eles vêm falar comigo, eles aplaudem. Está quase como no Brasil. O adepto gosta de mim. Noventa e nove vírgula nove aprovam-me aqui em Portugal”, observou.


….

Ora então vamos lá por partes:
As vozes contestatárias estão limitadas a um pequeno grupo de intelectuais? Foda-se! Mas o gajo é parvo? Um gajo que se vira para um jornalista, como ele fez há dois anos, e diz “Você deve ser do Porto” ao que lhe respondem “Não, até sou de Lisboa“, e ao que ele afirma alto e bom som “Graças a Deus!”, está à espera de que só um grupo de intelectuais o critique? Esta porcaria dava direito a um belo de um despedimento na hora, mas não… cá continua-se a bajular o gajo que conseguiu perder dois jogos contra a Grécia (essa super potência que nem ao mundial consegue ir), em Portugal, com 99,9% do público português nas bancadas, e quando tinha meia equipa do Mourinho (sim, a mesma que tinha ganho a UEFA e a Liga dos Campeões nos dois últimos anos) a jogar, após ter perdido o primeiro jogo de maneira vergonhosa ao meter a “equipa do general Scolari”… aquela que ele teimava que era a melhor e que me fazia ouvir críticas dos meus amigos quando dizia que o gajo devia andar a brincar com os portugueses por a meter em campo.

E agora sou racista? Foda-se! O treinador do meu Porto é holandês. E se já aqui o critiquei quando fez o Porto perder em Milão com o Inter à custa de uma substituição estúpida, também o elogio quando é preciso e reconheço-lhe o mérito pelo que fez este ano no Porto. Mas se critico o Scolari, ele diz que sou racista.

Melhor ainda é quando ele diz que é defeito geral dos Portugueses… é um argumento um bocado ridículo e insultuoso para os portugueses, não acha, “general Scolari”? Até porque somos tão racistas que lhe pagamos 35 mil contos por mês e o deixamos dar declarações destas a insultar quem lhe paga, aos jornais do seu país, e se faz de conta que não se passa nada…

Depois gosto quando não aponta nomes, mas vai criticando aqueles 3 que fazem o “Trio de Ataque” na RTP, e ainda o Miguel Sousa Tavares, de quem diz que é uma “bosta” de escritor. Por acaso, “general Scolari” achei o “Não te deixarei morrer David Crocket” um belo livro, e o meu segundo favorito dele até se chama “Sul – viagens”… o que a si lhe deve fazer confusão… visto que um gajo do Norte não pode gostar de nada que diga Sul, não é?
Também gosto do facto de ir buscar a mulher de um para dizer quem é sem nunca lançar nomes. Fica-lhe bem, “general Scolari”… muito bem… é sinal de boa educação.

Por fim, gosto que diga isso de que o povo sai à rua para o aplaudir… sim, é bonito sim senhor… tão bonito como a reportagem que deu ontem acerca da chegada da selecção ao aeroporto do Luxemburgo. Centenas de emigrantes à espera na gare de chegada, e a selecção sai pelas portas das traseiras, evitando o contacto com o povo, porque só tinha duas horas para chegar ao hotel e ir para o campo de treinos ao lado do mesmo, e o “general Scolari” não permitia esse atraso. Sim, porque é muito chato perder 15 minutos para estar com os emigrantes que passaram horas à espera de ver os seus heróis e que pintaram os filhos com as cores da bandeira e lhes prometeram que ontem iam ver o Figo e o Cristiano Ronaldo… ficou bem a toda a comitiva, e em especial ao “general Scolari”… muito bem….

Mas também, de um gajo que é admirador confesso do Pinochet, já pouco me espanta. Espanta-me é a forma como ainda
se vergam perante tamanho palhaço.

Comments ( 17 )

  1. ReplyTino_de_Rans
    Não te irrites, bebe um cházinho que isso passa!
  2. ReplyPaulo Costa
    Passa quando esse palhaço vier pedir desculpa por ter dito dos portugueses:
    "Eles têm bronca, raiva e inveja dos brasileiros"

    É engraçado ver que a ti não te faz diferença nenhuma que ele o tenha dito. Se calhar, se ele não tivesse levado o Simão ou o Nuno Gomes ao mundial já 6 milhões partilhavam da ideia de que este gajo anda a brincar com os portugueses... mas como foi com o Porto que ele levantou cabelo, está tudo bem... é um herói...
  3. Replyviriato
    O culpado disto tudo foi quem o contratou,afinal a seleção é portuguesa ou é brazileira????? (mais valia contratar o Ronaldinho):)
    A seleçao não representa um clube de futebol mas sim um PAIS chamado Portugal.
    Acho que estamos a fazer batota,sera que ainda ninguem deu por ela
    que temos 2 brasileiros na nossa seleção Portuguesa...
  4. Replydream_brother
    Sou benfiquista e naõ gosto desse senhor pq é um radical d extrema direita, populista,q infelizment consegui passar a mensagem q ter bandeiras nas janelas é q nos faz patriotas; pq é um treinador q na escolhe os melhores nas suas convocatórias;mas principalment pq após aquele celebre 1º jogo do euro 2004 em q s eu por acaso na tivesse visto esse mm jogo, pelos comentários na imprensa, pensava ter-mos perdido esse jogo quase exclusivament por causa do gand Rui e pela falta do grande Deco, e esse senhor nunca tev uma palavra d conforto em relação a esse grand homem q sempre honrou a nossa camisola...mais, para salvar as suas costas, lá mudou a equipa à vontade do povo, mas o q é engrçado, é q foi precisament essa, a equipa do povo, principalment, dos portistas,q voltou a perdeu com a grecia...mas aí o Rui e algums outros nem sequer tocaram na bola...mas afinal ond é q ficamos???!!! ah, é verdad, o Maestro só(!!!) foi o nosso melhor marcador na prova!!!
  5. ReplyPaulo Costa
    A "equipa dos portistas" não tinha na baliza o gajo que foi tornado herói porque defende um penalty sem luvas (que palhaçada... zé povinho no seu melhor)... não tinha na baliza o gajo que não sabe saír a um cruzamento.

    E uma equipa não são só os 11 jogadores. São 11 jogadores + um gajo que lhes saiba dizer o que fazer. Não sei se te lembras do segundo jogo, contra a espanha, em que o comentador da TVI foi o Mourinho. Segundo as palavras dele: "Se Scolari se apercebe agora que esta é a melhor equipa para ter em campo, então algo está mal com este treinador. Perdeu dois anos a criar automatismos com uma equipa que não funcionava, e que só ele não o via. Se tem perdido meio ano a adaptar os automatismos do meu meio campo para este europeu, tería-mos uma equipa muito mais forte.".

    Naquela final, foi ridícula a maneira como ele não soube montar um esquema capaz de passar a muralha grega. Cada jogo é um jogo, e os 11 jogadores podem ser os mesmos que o modelo de jogo tem de variar. Não sei se te lembras, mas nas duas finais europeias o Porto, com praticamente a mesma equipa, jogou com dois esquemas completamente diferentes um do outro.

    O Scolari limitou-se a mandar 11 jogadores para o campo.


    A única coisa, e já o tenho dito, em que o considero bom treinador, é na forma como motiva os jogadores. Nada mais. Tacticamente é um zero à esquerda. Ganhou o mundial 2002 com uma sorte inacrediável e uma quantidade ridícula de erros de arbitragem a seu favor (aquele Brazil-Turquia foi absurdo). E tinha Ronaldinho, Ronaldo, Rivaldo, Gilberto Silva, tudo na sua melhor forma.


    Quanto ao Rui Costa, se achas que ele aguenta os 90 minutos em campo com rendimento constante e superior ao do Deco, então aconselho-te a esperar pelo início da próxima época para veres ao vivo a tua teoria a ir por água abaixo ;P
    É um grande jogador, sem dúvida, mas duvido que algum treinador no mundo trocasse o Deco (das duas últimas épocas no Porto) por um Rui Costa... é que o Deco até a trinco dá uma perninha quando é preciso, e o futebol não é só rendilhados.
  6. ReplyJC Barros
    A "selecção dos portistas" só é chamada quando se fala em perder contra Grécia. Quando é para falar do jogos com a Espanha, Holanda, Inglaterra, etc, já não interessa.
    Grande Scolari que nos levou por uma fase de preparação memorável com jogos de enormíssimo nível e goleadas a selecções de grande poderio como o Kwait. O que o Mourinho disse é verdade e negá-lo é imcompreensível. Preparar durante 2 anos uma selecção que não funcionava é de loucos. E depois vem dizer que aquela não era a equipa dele! Ainda bem quelhe gabam a coragem para não ceder a pressões.
    Viva Scolari que não beija a mão ao Papa e não leva o melhor GR português! Em seu lugar leva um chorão (sempre que falha lá vem ele lamentar-se) para quem as bolas pelo ar mordem - nesse ano as falhas no jogo aéreo do Ricardo só custaram um Campeonato e uma Taça Uefa ao Sporting e um Campeonato da Europa a Portugal, coisa pouca.
    Mas a preparação do jogo da final foi de gritos. Não se aprendeu nada com o primeiro jogo e com todos os outros da Grécia? Uma equipa, a jogar a final em casa, completamente apática e sem soluções (devia estar à espera que os 80% da máquina oleada por Mourinho resolvessem), que vendo-se a perder não arrisca de imediato para mudar o rumo dos acontecimentos. O que é que ele estava a pensar? Que tinha uma 2ª oportunidade? E a preparação das bolas paradas? Já nem falo do Ricardo que estava entretido a empurrar um grego no lance do golo, mas quem é que coloca o Costinha, apesar do bom jogo de aéreo, no alto do seu metro e setenta e tal ou oitenta e pouco, a marcar o minorca do Charisteas com os seus quase 2m?

    Sobre o Deco (que até a defesa direito, completamente esgotado, acabou um jogo no Euro04), falar em Rui Costa para o seu lugar é de rir. De rir ainda mais é Hugo Viana - e mais uns quantos jogadores que fizeram grandes épocas ou outros que estão fresquinhos porque não fizeram época nenhuma -, mas é de rir. Trocar um jogador com recursos técnicos e tácticos como o Deco, que ataca, defende, é capaz de jogar rápido ou de segurar a bola por um jogador que nunca foi capaz de fazer um passe sem antes fazer 3 fintas. Rui Costa é bom jogador mas não é melhor que Deco.

    Para quem acha que isto é tudo má vontade de um bando de pessoas que só querem mal ao País, deixo uma citação desse eminente intelectual alemão de seu nome Paul Breitner (antigo internacional alemão e Campeão do Mundo em 1974):
    "Tenho uma boa opinião do futebol português, mas não tanto em competições como esta. A selecção alemã é uma equipa mais habituada a estes jogos, pois jogam para ganhar. Equipas como a Espanha e Portugal têm uma mentalidade diferente. A primeira preocupação dos jogadores é mostrar as suas capacidades. Os jogadores gostam mais de receber o louvor dos adeptos. Em termos técnicos são melhores e já deviam ter ganho muitas vezes.
    Scolari só pode ser considerado um bom treinador se conseguir levar Portugal até às meias-finais, pois ganhar com o Brasil é fácil."
    O nosso seleccionador acha que será bom se passar o complicado grupo que nos saiu em sorte. Bem, vamos bem lançados depois das brilhantes vitórias contra potências como Cabo Verde e Luxemburgo.


    Um aparte. O jogo em que o Mourinho comentou foi absolutamente lindo. Ele é realmente um predestinado. As análises que ele fazia e explicações que dava eram pérolas. Tinha pessoas ao meu lado a dizer "Este gajo é fabuloso. Eu nunca percebi muito de futebol mas ele explica de tal maneira que estou a olhar para o jogo e estou a ver o que ele quer dizer".
    Se calhar não era mal ele fazer uns comentários para o Mundial mas ficamos melhores com o Joaquim Rita e afins.
  7. ReplyPaulo Costa
    Se o mundial passasse na TVI lá apanhavamos com esse deus dos comentários que é o João Querido Manha...

    Como é na SIC também não fico triste. Ver as reportagens sobre a selecção, desse grande, enorme "repórter", que é o Nuno Luz também compensa...
    Durante o estágio em Évora, ele foi fazer uma reportagem sobre o grupo de cantares alentejanos de Évora, que supostamente ía receber a selecção no fim de semana, e cantar com eles. O fim da reportagem era com o Nuno Luz vestido com o traje típico alentejano a andar lentamente em direcção à câmara... foi um grande momento que me levou às lágrimas de riso.

    Obrigado desde já, Nuno Luz, por todos os momentos geniais que nos vais proporcionando.


  8. Replydream_brother
    gostei da vossa reacção;), mas no essencial continuo com uma dúvida: então , nós perdemos o 1º jogo por causa d alguns, principalment 1 jogador( análise generalizada em toda a imprensa e na voz do povo) e dpois perdemos a final( já sem esse e alguns outros jogadores em campo, pq...bem aí a culpa já só podia ser do treinador!!!

    eu , tal como já havia afirmado, na ponho em causa q o brazuca é um péssimo homem, péssimo treinador,que nesse europeu, tal como vai fazer agora no mundial, na pôs desd inicio os melhores a jogar, q na aproveitou com pelo menos um ano d antecedência todo o trabalho q o mourinho lhe deu d mão beijada para ele usufruir, and so on and so on....
    agora o q m deixou trist, e é essa a principal razão pq eu na posso com ele, foi q apartir do momento q ele escolheu uma equipa para o jogo inaugural e as coisas correram mal, tendo caído todos em cima d alguns, principalment 1 jogador, ele na tenha assumido os seus erros, e tenha permitido q o odioso da questão passa-s para cima desses jogadores...coisa q ironicament na final ficou provado q eles na mereciam...mas disto vocês portistas, na falam, e é isso q critco, pois na vossa análise o fervor clubistico,q é natural tar sempre um bocadinho present nestas coisas, parec-m ser d todo exagerado.

    abraço:)
  9. ReplyPaulo Costa
    Mas... eu nunca disse que a culpa do primeiro jogo foi do Rui Costa! Nem eu, nem o João Barros que conheço há uns quantos anos e com quem tenho grandes discussões de futebol. Aliás, culpar o Rui Costa individualmente seria uma estupidez. Que o homem não tinha pernas para 90 minutos já se via bem, mas o culpado foi quem insistiu em mete-lo a jogar, mesmo sabendo que naquele sistema ele não ía render.

    Aliás, se é para apontar o dedo a um erro individual no primeiro jogo, aponto-o ao Paulo Ferreira que se decidiu armar em Secretário e dar a bola ao Karagounis... e foi bem substituído pelo Miguel nos jogos seguintes.

    O que eu critiquei e critico foi mesmo a equipa que ele escolheu para o jogo e o sistema que usou.

    E quando me acusam de clubite, esquecem-se sempre que eu sou dos gajos que mais defendo o Simão na selecção mesmo quando ele não faz lá nada de jeito, sou o gajo que diz que o Petit é um sarrafeiro de primeira linha mas que faz falta a qualquer equipa, tal como o Jorge Costa fazia, sou o gajo que não compreende o que raio faz o Postiga na selecção e que queria ver o João Tomás no lugar dele, etc etc... só que se digo que o Ricardo é uma nódoa e que o Quaresma merecia estar no mundial no lugar do Boa Morte (ou do Hugo Viana), já tenho palas e só vejo azul à frente...



    E é como disse o João Barros: depois de mudar a equipa deu para chegar à final sem precisar de se mexer no banco... bastou ver os moços a jogar à bola. Quando foi preciso dedo de treinador (dar a volta ao resultado contra a grécia) é que se viu o génio táctico do homem: não fez nada.


    PS: Ouvi dizer que ontem no Cascos acabaram a noite a beber Sagres Chopp... não tens vergonha de beber disso? Mais vale pedir àgua que pedir essa mistela. :|
  10. Replydream_brother
    tb na havia h2o...lol

    e tás a brinar ou q, foi a Ivet q nos serviu...e na foi só chopps;)

    ciao:)
  11. ReplyPaulo Costa
    Foi o que o Eduardo me disse... que no fim da noite já não havia finos, nem carlsberg, nem nada que se bebesse a não ser Chopp. :|

    Ou então foi desculpa dele para dizer que bebeu Chopp sem ser muito gozado por isso. :D

    E não estou a ver (pelo nome) quem é a moça. :|
  12. Replydream_brother
    vês poucos anuncios, caro Paulinho;)
  13. ReplyPaulo Costa
    AAH, a Ivete! 'Tava mesmo a pensar que estivesse alguma empregada que eu não conhecesse no Cascos. lol
  14. Replypimigas
    Não adianta... estes portistas não vão com o Scolari, ponto final!!! Eu vi adeptos portistas no 2 jogo do europeu, quando o Rui Costa marcou o segundo golo de Portugal sairem disparados café fora, todos fod****, como se acabassem de ter sofrido uma grande derrota!!! O Scolari a ganhar um jogo já era mau, mas aida por cima o "manco" do Rui Costa a marcar, foi o fim!! E tudo começou porque o Scolari viu uma coisa que os fanaticos portistas so conseguiram ver, mas ainda não acreditam bem, no final deste campeonato que ganharam: o Vitor Baia está arrumado para o futebol!! (para aqueles que ainda não acreditam vejam quando é que o porto arrancou em direcção ao titulo: quando ganhou meia duzia de jogos seguidos sem sofrer golos, depois de Helton ter passado a titular)
    Por isso por mais enjoados que estejam com Scolari, há uma coisa com que vão ter que conviver: foi ele que treinou a 1ª seleção portuguesa a chegar a uma final de seniores! E sem prestar vassalagem ao Pinto da costa e sua trupe!! É duro, mas é a realidade!!
  15. ReplyPaulo Costa
    lol
  16. ReplyMarquêz
    Gostava k o assunto da chopp ficaxe bem esclarecido... eu só a pedi por falta de alternativas... era o unico tipo d cerveja existente nakele estabelecimento! o unico senao desta historia foi o facto d ela ter sido oferecida por um gajo!!! Ò MIGUEL (tu k foste mijar na mesma altura k eu) vê lá... nao te ponhas aí a a enaltecer os meus atributos a frente das gajas (tu sabes do k falo) pq nao kero k as gajas andem atrás d mim so por causa do tamanho dakela cena k tu sabes!!!
  17. ReplyPaulo Costa
    Mas tu achas-te digno do cognome "mangueira"?