Só ontem o pude ver.

E faltam-me palavras para descrever tamanha obra de arte feita a partir de uma das melhores novelas gráficas (ou se preferirem: BD’s) de que há memória também. E as semelhanças com o 1984 não são pura coincidência.

É sublime, genial, belo e ainda tem Tchaikovsky como pano de fundo. Sem dúvida alguma que é, para mim, o filme de 2006 até à data.

Voilà! In view, a humble vaudevillian veteran, cast vicariously as both victim and villain by the vicissitudes of Fate. This visage, no mere veneer of vanity, is a vestige of the vox populi, now vacant, vanished. However, this valorous visitation of a by-gone vexation, stands vivified, and has vowed to vanquish these venal and virulent vermin van-guarding vice and vouchsafing the violently vicious and voracious violation of volition.
The only verdict is vengeance; a vendetta, held as a votive, not in vain, for the value and veracity of such shall one day vindicate the vigilant and the virtuous.

Remember remember the fifth of November
Gunpowder, treason and plot.
I see no reason why gunpowder, treason
Should ever be forgot…
………………………………Guy Fawkes

Comments ( 6 )

  1. Reply[r]
    Bom...fiquei MESMO curiosa!! Será dos próximos que vou ver!! :D
  2. ReplyBarras
    só agora é que o viste!?!?
    o filme tá LINDO!!!
    conhecia a historia do guy fawkes mas nunca cheguei a ler a BD do V...
    mas o filme....vale mesmo a pena ver...muito bom mm!!!!
  3. ReplyJC Barros
    Esse está em agenda. Depois do Mestre William já és o 2º a recomendar vivamente.
  4. ReplyCarriço
    Não vi o filme, mas confesso que só o saber que a certo momento se pode ouvir Bird Gerhl, de Antony and the Johnsons... já me desperta interesse! Isso e a presença de Natalie Portman.

    Saudações
  5. ReplyPaulo Costa
    A banda sonora é muito boa mesmo. E é como dizes: se tem o "António e os Joões" é porque tem interesse!
  6. ReplyMarquêz
    Simplesmente brutal... sem duvida o filme do ano!!!