Uncategorized

Como não usar a Wikipédia

A Wikipédia é um projecto fabuloso. O livre acesso à informação é algo de louvar. A base de dados da Wikipédia cobre hoje praticamente todos os termos existentes nas maiores línguas mundiais (ou, pelo menos, nas de maior expressão global). E não só isso como ainda se encontra excelentes artigos, muito superiores em conteúdo a qualquer uma das enciclopédias impressas, sobre assuntos tão variados como a exploração espacial ou o Francisco Louçã.

E já que falo em Francisco Louçã e na Wikipédia… sabem que com um registo simples qualquer um de nós pode contribuir para o enriquecimento da base de dados da wiki, não sabem?
Agora pergunto-vos também: quando vos dão um serviço gratuito, com uma qualidade simplesmente inimaginável há uns anos atrás, em que vos dizem: “vocês podem fazer parte da comunidade que faz isto crescer como um dos melhores projectos globais de partilha de informação de que há memória”, apetece ir lá fazer macacadas?

É que há gente a quem dá…
O JCBarros, cliente da casa aqui do blog, mostrou-me hoje de tarde isto:


Cliquem para ampliar, ou vejam directamente neste link. Comecem a ler a biografia de início… Há uns dias atrás alguém andou a divertir-se com isto… Entretanto a página já foi corrigida, mas visitando o historial de correcções descobre-se facilmente a data da “brincadeira”.

O que vale é que, com gajos como o JCBarros, até coisas destas dão para uma pessoa se rir no msn:

(JCBarros): quem é que escreve uma coisa destas?
(eu): ó pá, mas verdade seja dita: a frase assim escrita tem piada. :|
(JCBarros): porque está discreta.
(JCBarros): sempre com o tom calmo.
(eu): exacto.
(eu): e de repente… tau!
(JCBarros): bem composta, e depois mete aquela pelo meio como quem nao quer a coisa…
(JCBarros): nao há respeito.
(JCBarros): e eu que sempre pensei que eles comiam criancinhas ao pequeno almoço…

10 thoughts on “Como não usar a Wikipédia”

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.