(eu sei que devia estar de férias… mas estas não podem passar)
Depois não percebem porque é que são expulsos, etc etc… :

Link da BBC

Manchester City earned their first point of the season in a match marred by a disgraceful challenge by Ben Thatcher on Portsmouth’s Pedro Mendes.

Thatcher clattered into Mendes with his forearm at the start of the second half, sending the Portuguese midfielder skidding into the advertising boards.

Este tal de Thatcher já na pré-época tinha perdurado um pulmão com uma entrada do género a um jogador do Shangai (sim, leram bem… perfurou um pulmão). Depois, ainda existem este tipo de imagens que retratam bem o seu estilo de jogador:

Esta é a entrada dele sobre o Pedro Mendes, ontem, que acabou por mandar o Português para o hospital:

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=LNCpHGVPJ-w]

Genial é o facto de o árbitro lhe mostrar apenas um amarelo. Depois estes camones chegam ao mundial, agridem os adversários e ficam muito espantados e revoltados por ver cartões vermelhos…
Cambada de labregos. Que aprendam primeiro a jogar à bola.

Comments ( 3 )

  1. ReplyJC Barros
    Como eu gostava que em vez daquele gajo dos Pompey que é o primeiro a chegar ao Tatcher fosse o Jorge Costa ou o Paulinho Santos.

    Casos destes deviam ter a intervenção da UEFA.
  2. Replyjeremix
    mesmo assim ...sao todos mto calminhos... isto aki acabava em porrada invasao de campo, keda de governo, revoluçao, invasao a espanha, guerra civil, guerra nuclear, guerra inter-planetaria, etc...

    Nota-se bem nesse video que foi "sem kerer", fdx!!! e ninguem manda vir com o arbitro por dar so amarelo... nao se compreende este respeito pelos arbitros que os ingleses têm... uma merda destas devia dar direito a enforcar o arbitro numa das balizas (decidido por moeda ao ar, para nao haver favoritismos)
  3. ReplyAnonymous
    este é o rapazito ideal para tomar conta das redeas do futebol no nosso pais!

    Se e só se, este senhor tivesse passado num raio de 100Kms do presidente do Gil Vicente, imaginam o que poderia ter acontecido!

    Era uma sorte...