O JCBarros ainda está de birra comigo e não comenta, mas lá acabou por me mostar um post no Abrupto ao qual achei graça.
Eu não sou propriamente o maior fã do Pacheco Pereira… ok, para ser sincero, se o vejo a mandar uns bitaites na TV aproveito para mudar para uns Morangos ou para uma Floribella… mas neste post ele diz o que eu não posso dizer aqui sem que lhe caia o Carmo e a Trindade em cima.

Bem, sem mais de momento, fica por aqui a minha participação no assunto do qual o post do Abrupto trata, seja em posts ou comentários:

Comments ( 5 )

  1. ReplySilva
    Tenho uma sugestão: Porque não transformas isto em debate aberto e á antiga sem a cobertura do anonimato? A casa da cultura de Freamunde é um bom local. Convidas uns amigos, coisa informal já se está a ver e pelo meio até se podia declamar poesia ver uns videos...
    Quanto a algumas coisas aqui ditas devemos reflectir se é este o tipo de debate radicalizado que desejamos.
    Falta a tudo isto a distancia (temporal) historica necessária á boa compreensão dos factos!

    Abraço
  2. Replychat-ice
    eh pá convida também o George Bush!

    se houver whisky o gajo vem: é alcoólico!!!

    e depois trás a tropa americana
    e manda aí umasbombas em freamunde
    e anima aá a coisa
    com mais uma gerrinha "arrnajada".

    E que tal?
  3. ReplyPaulo Costa
    Vou-te fazer uma pergunta sincera:
    Tu não tens noção da figura de palhaço que aqui fazes, pois não?
  4. ReplyTino_de_Rans
    Aos menos que escrevesse bem o gajo...assim nem se lhe pode dar crédito.
  5. ReplyAnonymous
    Ó Paulo não percas tempo nem latim com tipos como o chato... Faz como o outro: põe mais alto e desliga...

    Escreve FIM e desiste!

    E para onde fores manda saudades que é coisa que cá não deixas!