Formada no ano de 2003 em São Paulo, esta banda de electro-rock já conheceu alguns altos e baixos… altos como quando caíram nas boas graças de dois editores de um dos maiores jornais culturais do Brasil, e baixos como quando viram dois elementos da banda saír da mesma durante as gravações do seu primeiro EP de nome homónimo à banda.

Neste momento encontram-se a fazer uma digressão por terras do tio Sam, abrindo os concertos de Ladytron, e estão a faze grande sucesso. A sua sonoridade é simples mas “catchy“, as letras são desconexas e raramente fazem qualquer sentido, mas isso pouco interessa aos elementos da banda que não sabiam sequer tocar qualquer instrumento até à altura em que decidiram criar a mesma com o nome inspirado numa frase de Beyoncé que disse a uma revista cor de rosa que estava “tyred of being sexy“.

Curiosa também foi a distribuição de uma edição limitada do álbum de estreia que incluía um CD-R virgem para que se fizessem cópias para distribuír gratuitamente pelos amigos. Uma técnica que é acompanhada de um site para download gratuito de todas as músicas da banda (aqui). E, contra a corrente actual que as editoras lançaram aquando da sua caça às bruxas contra downloads de música a partir da net, o sucesso está à vista (os Arctic Monkeys também construíram assim o seu sucesso e garantiram casa cheia em todos os seus concertos dados até à data). E quando se vê atitudes destas, de remar contra a maré, dá vontade de dizer: Já sei onde vou gastar os meus próximos 15€ em CDs. Este(a)s tipo(a)s merecem.

Mas, falando novamente dos CSS e do seu álbum, sinceramente gostei muito. E entre várias grandes músicas que por lá se encontram há duas que realmente me ficaram no ouvido: Alala e Let’s make love and listen to Death from Above, mas escolho a Alala para vos deixar com o videoclip. Cuidado, é viciante.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=2cnOvMFnRvs]

Comments ( 3 )

  1. ReplyHugo
    Ando desde Maio viciado nos Cansei de Ser Sexy (gosto mais do nome deles por extenso!)... segundo os dados no meu last.fm são o artista que mais ouvi este ano.
    Não sei se ouviste a versão americana ou brasileira do álbum deles... mas se foi a americana, ficaste a perder algumas canções excelentes, especialmente a Bezzi e a Superafim.
    Também há outro videoclip para a Alala (http://www.youtube.com/watch?v=apB7V4PIeLI) [feito quando os CSS ainda só andavam pelo Brasil], mas o meu favorito é o da Let's Make Love and Listen Death From Above (http://www.youtube.com/watch?v=7agPOt1XZz8), que até já vi na MTV2.
    A Let's make love and listen death from above é provavelmente a minha preferida... seguida de muito perto pela Music is my hot hot sex... aquela pausa a meio e a 2ª parte da canção em português deliciam-me.
    Estes tipos ao vivo devem ser espectaculares.

    No meu blog, tenho lá alguns mp3 deles.
  2. ReplyPaulo Costa
    Nem de propósito... ontem à noite, antes de me ir deitar, fui ao 9-9 e andei a ver os MP3...e vi por lá que já tinhas os Cansei de ser sexy há algum tempo :D

    A versão do álbum que arranjei foi a brasileira com a bezzi e a superafim. Quanto ao clip, ainda não tinha visto o da Let's Make Love and Listen Death From Above, mas já conhecia os dois da Alala... escolhi este para meter aqui porque foi o que mais gostei... o do parque é mais "natural", mas este está mesmo muito bem feito!

    Se estes vierem cá a Portugal, é daqueles concertos que não se podem faltar (nem que me arranquem os dois dentes do siso que me faltam na véspera ;P ).
  3. Replymartamestre
    Eu também gosto. Parabéns pelo blog.