Odiado por alguns, admirado por muitos. Despediu-se não com uma vitória, novamente devido ao azar, mas com uma das melhores exibições de talento puro de entre as tantas que nos deu o previlégio de assistir.
Aquela volta mais rápida feita na volta seguinte ao reabastecimento, com o carro pesado, é algo que fica na memória de quem gosta de ver Fórmula 1. Aquela última ultrapassagem da sua longa carreira, ao Kimi Raikkonen, na primeira curva de Interlagos é de uma beleza impressionante.

O melhor sai pela porta grande.

Obrigado Michael Schumacher.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=ypAqUXi2CH8]
E peço-vos desculpa, mas não quero activar os comentários neste post.
There are currently no comments.