Fernando Jorge Tavares de Oliveira, mais conhecido por Bock, rescindiu ontem com o Vizela. Bock é o melhor jogador que tenho memória de ter visto jogar pelo “meu” Freamunde, um goleador sem igual. Nunca se percebeu muito bem porque é que não teve oportunidade de jogar num a liga ao mais alto nível (constou-se que esteve muito perto de Inglaterra aqui há dois anos, mas preferiu ficar por cá a arriscar uma viagem dessas quase aos 30 anos).

Titular das selecções mais jovens deixando na altura um tal de Nuno Gomes no banco, deixou de vestir a camisola do Porto onde fez todo o processo de formação até aos júniores. Depois ainda vestiu a camisola do Amarante mas acabou por ser em Freamunde que encontrou “casa”. Por duas vezes o melhor marcador de todos os campeonatos nacionais com a camisola azul e branca da terra dos capões, ajudou a equipa a subir da terceira divisão até à Liga de Honra em dois anos consecutivos quando o Freamunde teve, na minha opinião, a sua melhor equipa de sempre… Bock, Denilson, Júnior, Terinho, Calica, Celso, Paulo Sousa, etc, chegando a ter participado num dos feitos mais bonitos da equipa: quartos de final da taça de Portugal contra o F.C.Porto…


Mas, de todos os “craques” o Bock foi sempre o que mais admirei. Dono de boa técnica, tem um faro para o golo como não há igual em portugueses… a maneira como recebe a bola de costas para a baliza, se vira para a mesma e cria imediatamente posição e oportunidade para remate é algo de impressionante. E a massa adepta do Freamunde também fez sempre questão de lhe mostrar como era querido nesta terra. Casou, construíu casa aqui perto, e é assumidamente um Freamundense. Saíu para experimentar a segunda liga, andou perdido e/ou lesionado por equipas como o Ermesine ou o Marco, até que acabou por voltar para mais dois anos de Freamunde ao peito e muitos golos para partilhar com os adeptos.

Depois de no ano passado ter assinado pelo Vizela para uma segunda tentativa mais acima, e rapidamente se ter imposto como melhor marcador da equipa e um dos melhores da Segunda Liga, eis que surge ontem a notícia surpresa da rescisão… podia ler-se ontem no Record:

Inopinadamente, a direcção do Vizela decidiu rescindir contrato com Bock. O divórcio dos vizelenses com o ponta-de-lança é oficial, mas nenhuma das partes esclareceu em rigor os motivos da rescisão. Apesar do fraco rendimento ofensivo dos vizelenses nas primeiras cinco jornadas da Liga de Honra – Bock e Pedro Caravana marcaram os 2 golos da equipa orientada por Manuel Correia – tudo aponta para que se trate de questões de índole disciplinar que estavam a afectar o ambiente do grupo de trabalho.

Em tantos anos de casa em Freamunde, nunca o Bock teve um único problema de balneário, mas pronto, até podia desta vez ter acontecido algo…
No entanto, hoje Bock falou ao Record:

Um dia depois de rescindir contrato e de prometer falar mais tarde, Bock decidiu abrir já o livro e culpar Manuel Correia pelo sucedido. “O culpado da ruptura é o treinador, pois foi o principal responsável pela minha saída. Não posso ser o bode expiatório para os maus resultados. Fui acusado de ser um factor de desestabilização no balneário e de tentar ser manipulador…”. O avançado lembra, por outro lado, dois episódios que podem estar na origem dos problemas: “Houve uma reunião no balneário onde apontei o que estaria mal, enquanto outros preferiram resguardar-se. Se calhar paguei por isso. A única coisa que me podem acusar é de ter feito má cara quando fui substituído no jogo com o Portimonense, mas pedi desculpa por isso.” A finalizar, nova alfinetada em Manuel Correia: “No dia da rescisão o técnico fugiu de mim, evitou falar comigo e não esteve na reunião que tive com a direcção. Tive de pedir ao presidente para me permitir ir ao balneário despedir dos colegas.”

Depois de ler isto e de ontem à noite já ter ouvido comentários no café condizentes com o que me ocorreu na altura em que li a notícia só me apetece dizer:

Bock, o bom filho à casa volta. Em Dezembro, na reabertura das inscrições, cá te esperamos.

97\98 Freamunde 34 jogos 37 golos
98\99 Freamunde 31 jogos 16 golos
99\2000 Freamunde 11 jogos 1 golo
001 Marco 8 jogos 0 golos
001 Ermesinde 16 jogos 12 golos
012 Gondomar 34 jogos 17 golos
023 Leixoes 24 jogos 7 golos
034 Freamunde 36 jogos 22 golos
045 Freamunde 35 jogos 32 golos
056 Vizela ? jogos 19 golos

Com 32 golos apontados, nos 34 jogos que realizou para o campeonato da Zona Norte da II Divisão B, o ponta-de-lança Bock, do Freamunde, cometeu a proeza, pela segunda vez na sua carreira, de ser o melhor marcador de todo o futebol sénior português.
Penso que quanto mais velho estou (29 anos), mais e melhor produzo. Encontro-me no auge das minhas capacidades como jogador e goleador, e só lamento não conseguir concretizar o sonho de jogar na SuperLiga. Cada um nasce para o que nasce, e se calhar, por muito que dê nas vistas, não sairei deste escalão. Mas se tiver que ser assim, que seja sempre ao serviço do Freamunde”
, desabafa.

Comments ( 10 )

  1. ReplyJRP
    E o Porto até precisa de um ponta de lança...
    :-)
  2. ReplyHC
    Não fazia ideia que o grande Bock tinha passado pelo Zinde...
  3. ReplyHC
    Não fazia ideia que o grande Bock tinha passado pelo Zinde...
  4. ReplyTio Hermínio
    É Super Bock.....
  5. ReplyMiguel Cristóvão
    É muito bom no CM01/02 xD
  6. Replydream_brother
    é caso pa dizer...SUPER SUPER SUPER SUPER BOCK, SUPER BOCK, SUPER BOOOCK!!!
  7. Replyrevolta dos capoes
    Fernando Bock!!
    Se ele fizer uma meia epoca ao seu nivel, eu voto nele para presidente da Junta.

    Força SCF
  8. ReplyPaulo Costa
    LOL, ainda apanhavamos o Bock a inaugurar as piscinas, ou pior ainda... a inaugurar uma qualquer rotunda ridícula a 3 semanas das eleições com oferta de feijoada ao povão.
    E ganhava.
  9. Replypimigas
    Admiro este jogador desde que passou pelo Amarante, tenho pena que nunca tenha tido uma opurtunidade na 1ª Divisão! Mas há jogadores que não têm sorte... Cheguei a defronta-lo num torneio de futebol de 5, eu era guarda redes e ele precisava de marcar 6 golos para ser o melhor marcador do torneio... Conseguiu-o nos ultimos 5 min do jogo!! :)

    P.S. - AS vezes as seleções jovens enganam... O Marcel, nas seleçoes jovens do Brasil sempre relegou o Adriano para o banco... ;)
  10. Replypimigas
    Admiro este jogador desde que passou pelo Amarante, tenho pena que nunca tenha tido uma opurtunidade na 1ª Divisão! Mas há jogadores que não têm sorte... Cheguei a defronta-lo num torneio de futebol de 5, eu era guarda redes e ele precisava de marcar 6 golos para ser o melhor marcador do torneio... Conseguiu-o nos ultimos 5 min do jogo!! :)

    P.S. - AS vezes as seleções jovens enganam... O Marcel, nas seleçoes jovens do Brasil sempre relegou o Adriano para o banco... ;)