A continuar assim, será um bom hábito.

Bom jogo do Porto, dominou totalmente a primeira parte e acabou com um golo que é uma obra de arte do Lucho. Entrou bem na segunda parte, e pela primeira vez esta época o Jesualdo mostrou vontade de ganhar o jogo com as substituições. Moraes para o lugar do Postiga e mais tarde Jorginho por Lisandro foram substituições de ataque, sendo que a entrada do Jorginho permitiu à equipa jogar também em 4-4-2 nos últimos minutos para dar mais um homem de meio campo na cobertura à subida do Hamburgo quando este ainda procurava o empate.
Tivemos a nossa dose de sorte com aquela bola ao poste que podia ter dado o empate ao Hamburgo, mas a sorte procura-se e o Porto soube procurar bem o nicho onde ela se escondia. O golo do Bruno Moraes, de pé esquerdo, veio mostrar antes de mais que afinal temos goleadores. O Postiga está em crescendo de forma (e já está muito bem), o Moraes cheira golo de qualquer lado, o Lisandro é um raçudo que procura sempre a baliza e ainda temos o Adriano lesionado (há quem não goste, mas eu acho-o um bom jogador de área, não lhe peçam é para jogar fora dela)…

Não vi o jogo do Benfica (apenas os golos), mas quem viu já me disse que jogou bem, dominou e mereceu totalmente o resultado. Foi bom para o ranking de Portugal na UEFA e se ontem aquela barra em Munique estivesse 5 cm mais alta tinha sido o pleno (e justo). É possível, e bem possível, ter os 3 grandes do nosso futebol entre os 16 melhores da europa este ano. Era bom e bonito que assim fosse.

Amanhã que ganhe o Braga e esta é uma semana das melhores dos últimos anos para o futebol nacional na europa.

There are currently no comments.