A denominação inglesa para a música “Pop” nasce a partir do diminutivo de “Popular”.
Aqui em Portugal encontrou-se um outro nome: “pimba”.
Claro que há excepções, e no nosso caso, das que fazem sentido. Podemos ouvir muita música popular nacional que não é pimba. E, na verdade, acredito que temos um país rico em música popular de grande qualidade (ainda há minutos estive a recordar umas músicas dos Quadrilha)…
Mas, e se pegarmos numa música pimba portuguesa e a cantarmos em inglês com umas guitarradas? Teremos “pop” purinho.
Esta discussão já percorreu meia blogosfera nacional : “Se cantarmos pimba português em inglês, soa muito melhor” e não é novidade para ninguém, mas os Gato Fedorento levaram o conceito um bocadinho mais além, e convidaram o David Fonseca para o demonstrar no 2º episódio do “Diz que é uma espécie de magazine“.

O vídeo (a seguir) já percorreu outra meia blogosfera nacional,

mas o que vos trago aqui é o mp3 (retirado do vídeo, e com som “melhorado” para que a qualidade seja, pelo menos, jeitosa).
Por isso, se vão dar uma festa e não sabem que musiquinha escolher para meter depois dos primeiros copitos, a vossa solução está aqui:

(clicar do lado direito do rato e esscolher “salvar como”)

Comments ( 8 )

  1. ReplyBruninho
    Tocado desta maneira e cantado por este jovem, até em português soava bem
  2. ReplyJC Barros
    E há para aí muito cantor/a de "pop purinho" que dava o rabinho e oito tostões para ter a voz de uma Mónica Sintra. Da mesma forma há muita letra de "pop purinho" que traduzida para português nem para ser Pimba servia.

    O sucesso do Pimba (apesar de haver cada vez mais Pimba enlatado) é simples e não é segredo como já o revelou Emanuel quando explicou o porquê do seu sucesso. E qual é a razão do sucesso do Emanuel - que por acaso até é produtor e compositor para algumas bandas "pop purinho" e até tem elevada formação musical? Nada menos do que um profundo estudo etnomusicológico centrado nas raízes da música portuguesa. A música dele bebe inspiração nos elementos essenciais de vários estilos de música (Vira, Corridinho, Chula, etc) que existem há décadas e décadas. Não inventou nada de novo.
    Por isso é que acho graça aos que falam com desdém da música Pimba ou da MPA (o sucesso dos verdadeiros artistas de MPA parte do mesmo princípio) sem terem noção do porquê do sucesso deste estilo de música ou aqueles que vibram com música estrangeira sem saber que estão apenas a ouvir o "pimba" deles.
  3. ReplyMr. Deluxe
    Bem, na verdade, música "popular" é toda a música que não é erudita, nem é folclórica, sendo assim bastante flexível, englobando desde a Britney Spears e o Emanuel até aos Rolling Stones. É tudo música popular!
  4. ReplyBarras
    concordo quase completamente com o teu texto!!!
    A MPA que podemos encontrar no Portal Pimba por exemplo é qq coisa mais à frente!!!
    Nel Monteiro, Leonel Nunes, Marante e os Diapasão (banda de Marante) são qualquer coisa de especial em relação à POP!!!
  5. ReplyPonto do Rectângulo
    E viva o marante!!!!
    Grande cantor!!!!
    Esse em inglês era top de vendas até no afeganistão!!!
    O que não falta são pimbas a ganhar milhões em inglês!!! E um gajo come!!! lol
    Abraço
  6. ReplyJC Barros
    Barras, Marante ou Diapasão não são MPA. O próprio Nel Monteiro está no limiar de poder ser considerado e é mais fácil definir quais os trabalhos dele que são MPA do que o artista em si.
  7. ReplyMaria Strüder
    Gosto do David, e achei piada à sua versão, um bom artista consegue tudo.
  8. ReplyRicardo Sebastião
    tá fixe o video, ainda não tinha visto. O David dá-lhe muito (é de Leiria e basta!)