cinema/cinema
5 Comments

How it ends

Ficou-se pelos Óscares de melhor actor secundário para Alan Arkin e para melhor argumento original (era um crime se não o ganhasse) para Michael Arndt.
Não ganhou para melhor filme. Mas, para mim, foi de longe o melhor de 2006.

Little Miss Sunshine

E outra das coisas fantásticas que este filme nos dá é a sua banda sonora. Desde composições originais para o filme até o recorrer de artistas como Surfjan Stevens ou DeVotchKa, já não me viciava tanto numa banda sonora desde os tempos de um Snatch ou de um Lock Stock and Two Smoking Barrels.
Aqui deixo-vos um clip com excertos do LMS acompanhados pela How it Ends de DeVotchska.
Para quem ainda não viu talvez abra o apetite. Para quem já viu tenho a certeza que este clip deixa um sorriso de orelha a orelha.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=JUWnuCw0UVg]

F1/F1
0 Comments

F1 verde

A Honda surpreendeu hoje muito boa gente ao apresentar o seu monolugar para o próximo mundial de F1. Ao contrário de todas as outras equipas que preenchem a pintura dos seus carros com patrocinadores atrás de patrocinadores, a Honda fica-se por um: A Myearthdream, uma fundação de apoio ambiental que funciona simplesmente com base em donativos feitos a partir do site MyEarthDream.com.

É estranho ver assim um F1, mas é de louvar a iniciativa de tornar mais “verde” o desporto. E a pintura do carro é, no mínimo, original. Vejam pelas fotografias.

Honda1Honda2Honda3

Fotos em tamanho original: 1, 2 e 3

Agora só falta mostrar os uniformes que os mecânicos e pilotos usarão nesta época que começa já daqui a menos de 15 dias.
Eu aposto em algo deste género: