Futebol

A saga Coveiro

Pode-se ler hoje no Record:

O seleccionador nacional José Couceiro não vê por que há-de abandonar o cargo, mesmo depois dos maus resultados que obteve no Europeu de Sub-21 e no Mundial de Sub-20.

“Não vejo motivos para isso acontecer. Os Sub-21 não foram tão longe como todos gostaríamos, mas ainda assim fizemos a terceira melhor classificação de sempre da selecção. Quanto aos Sub-20, evidentemente que saímos mal. Mas atingimos o objectivo que tinha sido traçado, que era chegar aos oitavos-de-final”, frisou o técnico.

E quanto ao caso de indisciplina para com o árbitro disse ainda que:

“pode haver atenuantes” -“Naquele momento Portugal estava à procura do golo do empate. Qualquer acção para queimar tempo, beneficia sempre a equipa adversária”


Eu confesso que tinha votado no Luís Campas ali à esquerda, mas já que aquilo deixa mudar o voto…

1 thought on “A saga Coveiro”

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.