O Yes de 95 é para alguns o pior álbum de Morphine. Mas só para alguns.
Ainda há pouco tempo falava com um tipo que de vez em quando vem aqui ao blogue mandar-me umas alfinetadas (ou é sobre F1 ou sobre futebol… coisas de homem, não é Marquêz?) que é também um adepto de Morphine e ele dizia-me o mesmo: “Não percebo porque é que falam tão mal do Yes”.
A explicação que encontramos foi que como o alinhamento do álbum arranca com a Honey White, um dos maiores êxitos da banda, o resto do álbum parece não acompanhar o ritmo frenético que o duplo saxofone do Dana Colley debita nesse single.
É recorrente num álbum que tem um single “forte” não se prestar tanta atenção ao resto das músicas que o compõem durante um bom período de tempo, ou pelo menos comigo é. E depois acontece outra coisa ainda pior: quando se cansa do single (por exaustão) o resto do álbum fica encostado na prateleira.
A verdade é que eu também demorei algum tempo a gostar do Yes e a descobrir por lá algumas das que são agora as minhas favoritas da banda de Boston, entre as quais a que vos deixo de seguida:

Morphine -Radar (Yes)

Por outro lado, o álbum de estreia em 92 – Good – é para alguns o melhor da banda. Mas só para alguns. É certo que foi uma lufada de ar fresco na cena musical dos anos 90, foi a explosão de Sandman para os palcos e o início do culto, mas não o coloco ao nível dos 4 álbuns de originais que se seguiram: Cure for pain; Yes ; Like Swimming ; The night.
Tem, no entanto e como não podia deixar de ser, algumas pérolas como a You look like rain, a Have a lucky day e a que vos deixo a seguir.

Morphine – You speak my language (Good)

E sim, eu sei que 99% das pessoas salta este tipo de posts em frente, mas pelo menos guardem a música no disco para ouvir mais tarde, numa altura em que até tenham paciência para ouvir aquilo que eu também ouço.


Comments ( 4 )

  1. ReplyMarquêz
    Não me vou alongar muito no meu comentario Sr Paulo, até porque já disses te tudo o que eu diria acerca desse album "yes", queria só chamar a atenção para duas musicas a "yes" e tambem a "I had my chance", as minhas preferidas desse album e das minhas preferidadas de toda a discografia de Morphine
  2. ReplyMeireles Ricardo
    Boa jogada. "Have a lucky day"
  3. ReplyCarlos
    Já ta na altura de um novo post...
    A malta tá a espera... Da-lhe ai com uma novidade, nem que seja o facto de o shumi ir correr novamente num ferrari para fazer uns testes...
  4. ReplyPaulo Costa
    Your wish has been granted. ;)