Ainda ontem ao jantar se discutia o quão ridículos e políticos se estavam a tornar os prémios Nobel. Ainda ontem ao jantar disse que para se ter uma noção disso mesmo bastava ver que um dos candidatos mais falados deste ano para o Nobel da paz era Al Gore. Hoje acordo e vejo isto:

O Prémio Nobel da Paz foi hoje atribuído ao ex-vice-presidente norte-americano Al Gore e ao Painel Intergovernamental para as Alterações Climáticas da ONU.

Bingo!

Não é tão mau como o que deram ao Kissinger, mas não não deve andar muito longe. Afinal de contas foi o vice-presidente de um governo que “ano sim-ano não” bombardeava o Iraque sem razões válidas aparentes para além de um machismo militar ridículo. Para quem não sabe do que estou a falar, e para quem não está a par das chacinas efectuadas pela administração Clinton no Iraque entre os períodos de guerra iniciados por Pai e Filho Bush, podem dar um saltinho aqui, aqui ou ler um artigo interessante aqui só para começar a ter uma ideia.

Há coisas fantásticas, não há?


Comments ( 4 )

  1. ReplyGata Pingada
    Se há coisas fantásticas? O meu comentário é:

    TRIM! TRIM! TRIM! TRIM!

    Beijinhos e miaus
  2. ReplyJC Barros
    Qualquer fonte citada por este blog perde imediatamente toda a credibilidade.
    E o Projecto Wikipédia parecia uma coisa tão promissora. Realmente é pena.

    :|
  3. ReplyCarlos
    Paulo deixa de ser gay... O Al Gore não é assim tão mau como parece!!! É um bocadinho pior... Isto já não são horas pra escrever e o teor de álcool no sangue já pesa, mas porra o gajo nem é dos piores...
    Deixa de ser gay...
    Viva Freamunde e pede ao Gustavo pra me mandar uma encomenda com finos do Garden´s...
  4. Replyjames stuart
    visite http://szerinting.blogspot.com/