cinema música

Tropa de Elite: "Bota na conta do Papa."

Já começa a ser costume o aparecimento de autenticas maravilhas do cinema vindas do Brasil. A última chama-se “Tropa de Elite”, o tema das favelas volta a ser abordado tal como no “Cidade de deus” mas agora de um ponto de vista diferente. A corrupção entranhada na polícia do Rio de Janeiro é tema central, a relação entre os “novos ricos” do Rio e a população das favelas também não é poupada e a perda…

Continue reading

cinema

Blades Almighty

Noites de Agosto, muita preguiça, a namorada de férias a 600kms de distância. São os melhores ingredientes que se podem pedir para preparar umas sessões de cinema “light”. E como estreou agora por cá o Evan Almighty e consegui arranjar o Blades of Glory que pelo que consegui perceber nem sequer está nas salas portuguesas -por isso não me perguntem como é que o arranjei- , ontem e hoje lá me entretive com os filmes.…

Continue reading

cinema

Hot Fuzz

Confesso que de Simon Pegg e Edgar Wright, no cinema, só tinha visto o Shaun of the Dead que é provavelmente o melhor filme paródia a películas de zombies feito até hoje. E como tal tinha muita curiosidade em ver este Hot Fuzz que é uma sátira a filmes de duplas policiais (o polícia certinho + o polícia cómico). E não desilude absolutamente nada! Está recheado de pequenas pérolas, tem um argumento bem construído, interpretações…

Continue reading

cinema música

Bullitt

Há pouco tempo atrás falei aqui de Steve McQueen e mencionei alguns dos seus filmes que já vi, e hoje deixo aqui um excerto de uma das suas melhores actuações. O filme Bullitt ficou conhecido por duas coisas: a fantástica perseguição automóvel dentro da cidade de São Francisco e a banda sonora.A primeira deu origem a ínúmeras imitações em Hollywood -mas na minha opinião nenhuma consegue ter a espectacularidade e realismo da original- e foi…

Continue reading

cinema música

Absent Friends

Steve McQueen foi daqueles actores que marcou uma era de Hollywood. E é também daqueles actores que fazem a academia (os tipos dos óscares) perder toda a credibilidade porque o melhor que conseguiu foi uma nomeação por The Sand Pebbles. E para quem, como eu, gosta de ver e rever o Bullit, o original The Thomas Crown Affair, o The Getaway, o Papillon ou o -de culto- The Great Escape a injustiça parece ainda maior.E…

Continue reading

cinema

How it ends

Ficou-se pelos Óscares de melhor actor secundário para Alan Arkin e para melhor argumento original (era um crime se não o ganhasse) para Michael Arndt.Não ganhou para melhor filme. Mas, para mim, foi de longe o melhor de 2006. Little Miss Sunshine E outra das coisas fantásticas que este filme nos dá é a sua banda sonora. Desde composições originais para o filme até o recorrer de artistas como Surfjan Stevens ou DeVotchKa, já não…

Continue reading