música

Time after time

Praticamente todos os posts que estão para trás têm links partidos e é quase impossível encontrar uma música que funcione. A maioria dos serviços de hosting que fui arranjando ao longo dos meses para ir alojando uns mp3 acabam por, invariavelmente, fechar as portas. Também não tenciono usar o alojamento que tenho para este blog para o atulhar de música, mas graças ao Songbird e ao Skreemr (aberto dentro do Songbird) parece que a coisa…

Continue reading

música

You put poison in my soup, you put devils in my dreams.

Não tenho muitos CDs originais e muito menos originais nacionais. Aliás, dos poucos que comprei já nem sei da maioria. Mas tenho dois que guardo religiosamente: Fossanova e La Toilette des Étoiles, ambos dos Belle Chase Hotel.Ontem, enquanto fazia mais uma travessia de comboio entre a cidade (partida) e a aldeia grande (chegada), ou por outras palavras entre Porto (partida) e Lisboa (chegada) ouvi repetidamente o Fossanova e relembrei-me do porquê de gostar tanto daquilo:…

Continue reading

música

O que um gajo descobre em cds riscados…

De vez em quando tenho um daqueles acessos de nostalgia que me fazem remexer em cds antigos cheios de tralha que não lembra ao menino jesus (sim, que parece que está a chegar o natal, e por isso volta a moda de se falar do menino jesus a qualquer hora do dia). Invariavelmente encontro nesses cds documentos do tempo de faculdade, relatórios de laboratórios de física que não me lembro de ter feito, folhas com…

Continue reading

música

Saudades da minha cidade

Já cá moram após tão pouco tempo em Lisboa. A minha cidade sempre foi e sempre será o Porto. Por isso, mal tenha as primeiras folgas e a oportunidade de voltar a viver o Porto lá estarei no Sá da Bandeira, dia 21 do próximo mês a ver pela 1389475ª vez dEUS. Desta vez com álbum de 2008 (Vantage Point) que confesso ainda nem ter ouvido com grande atenção. Mas só o facto de poder…

Continue reading

música

Coelhinhos tipo páscoa, mas sem ser de chocolate.

Uma das melhores coisinhas que se vai vendo na TV por estes meses é o anúncio ao Sony Bravia, uns ecrãs pequeninos e baratinhos que se podem comprar para usar na sala, no quarto ou na casa de banho enquanto se toma banho (ou não). A primeira coisa que me chamou a atenção no anúncio foi a música, She’s a Rainbow dos Rolling Stones, a segunda coisa que me chamou a atenção foi o facto…

Continue reading

música

Eish, há quanto tempo… The Ting Tings

Deve ter sido por ter acordado com sol quentinho a bater-me nas fuças que me deu vontade de fazer aqui qualquer coisa. Os Ting Tings, nascidos a 2006, são uma banda inglesa de Indie-Pop com tiques de Dance-Punk. E o seu álbum de estreia We Started Nothing é uma delícia. Então esta That’s not my name cheira-me que vai andar aí a rodar por todo o lado neste verão que tarda a chegar. Ficam aqui…

Continue reading