coisas do caraças Modernices

O novo mercado gourmet do Porto

O mercado do Bom Sucesso deixou de ser um mercado para os produtores e passou a ser um mercado para as marcas “gourmet” dos produtos “biológicos”. Há coisa de um ano e picos visitei o mercado de Valência, cuja comunidade Valenciana tem qualquer coisa como 800 000 habitantes (4 vezes mais que o Porto), onde existe uma moderníssima Cidade das Artes, onde se respira evolução, mas onde o mercado é mantido no formato original, melhorado…

Continue reading

coisas do caraças Modernices

Marinho Tinto

Tenho alguma dificuldade em compreender qual o estatuto moral que a Ordem dos Advogados tem para que o seu bastonário emita em formato escrito a sua caganeira ideológica associada à discussão que ocorrerá na próxima semana na Assembleia da República acerca da adoção por casais homossexuais. Que eu tenha presente, e para justificar por analogia esta minha incredulidade, suponho que não caberá ao Jorge Jesus nem ao Benfica emitir comunicados acerca de assuntos como a…

Continue reading

coisas do caraças Modernices Politiquices

A porradinha dos jotinhas

Ainda há esperança para o futuro deste país. Vamos imaginar por momentos uma cena apocalíptica de pancadaria velha onde os jotinhas se exterminam mutuamente levando à aniquilação dessa raça parasita que vive na esperança de nos vir a governar. Força meninos, tudo à porrada! Ganha o último a ficar de pé. Vale a pena ler o artigo do Público, quanto mais não seja para formar uma imagem da cena que envolveu dentadas e alicates. Anima…

Continue reading

coisas do caraças Politiquices

Cratices e Lusofonices

É só a mim que causa algum asco o facto de que o inquérito que demorou meses a preparar acerca da licenciatura fantasma do Relvas ir pegar no ponto de ele não ter feito um exame por escrito e não tocar nas trinta e picos equivalências obtidas à custa de “experiência profissional comprovada” ? Ter obtido equivalências por ter sido presidente do rancho lá do Cu de Judas de Cima não é motivo suficiente só…

Continue reading

coisas do caraças jornalismo

Henrique Raposo. Deve ser primo de alguém.

Quando um tipo é convidado para um jornal como o Expresso para escrever artigos de opinião, e publica coisas como esta, a única coisa que me ocorre é que só pode ser primo ou sobrinho de alguém na direção do jornal. É que só pode. Num outro qualquer local, com uma edição decente, esta abominação de croniqueiro já tinha levado um belo pontapé, sido posto na rua e, por piedade, tinham-lhe dado uma inscrição numa…

Continue reading

coisas do caraças jornalismo matemática

4ª Classe.

No espaço de poucas horas o “jornal” I publica online dois artigos em que a matemática é atropelada sem dó nem piedade. Nem olhando para o conteúdo das notícias, pelo facto de que pelo menos uma delas é vergonhosamente declarada como encomenda de opinião e ficando restritos apenas à forma  da mesma, custa-me compreender como é que se publicam os seguintes títulos e leads, sem qualquer vergonha de o fazer: Título: Barómetro i/Pitagórica. Maioria apoia moção…

Continue reading

coisas do caraças

Destreinamento

Imaginem uma equipa de futebol. Existem 23 jogadores no plantel e mais uma equipa técnica com 5 ou 6 treinadores. Passam a pré-época a treinar lances de bola parada bem desenhados. Treinam, treinam e treinam. Fazem alguns jogos de treino e percebem que podem melhorar algumas coisas… alguns movimentos, algumas desmarcações, reduzem o número de possibilidades de erro nas jogadas. A uma semana do início de época estão todos a executar o plano da equipa…

Continue reading

coisas do caraças inutilidades

A EMoral…

Quando for grande quero ter um autocolante da EMEL no carro, que é para poder estacionar assim a carrinha enquanto ando a passar multas a quem “não está bem estacionado”. Como se pode ver era completamente impossível estacionar normalmente. Não, o senhor da EMEL não conseguia estacionar em paralelo com o passeio tal como todos os outros. Não, o senhor da EMEL fez questão de obstruir o passeio, ligar os quatro piscas e ir inspeccionar…

Continue reading

coisas do caraças Modernices

The King is dead. Long live the King!

O delírio das massas anti-pirata, dos defensores do bom nome e bons costumes da utilização “racional” da internet, durou hoje cerca de hora e meia. Por volta do meio dia surgiram notícias em tudo quanto era meio noticioso online do fecho forçado do Pirate Bay. Por volta das duas da tarde aquilo que se via no site do Pirate Bay era isto: É de ler o que diz a t-shirt. Uma mudança de servidor (e…

Continue reading

coisas do caraças jornalismo

Anonimato público

Esta notícia do JN deixa-me um bocado confuso. Então o homem pede anonimato ao JN e o jornal publica o nome, idade, localidade de residência, marca e modelo do carro, conteúdo da mesinha de cabeceira e idade do filho? A meu ver este tipo de interpretação do termo anonimato está incompleto por parte do jornalista e da redacção: faltam ainda o registo criminal, resultados das análises sanguíneas, ficha dentária e código do Visa.

Continue reading