coisas do caraças Politiquices

Cratices e Lusofonices

É só a mim que causa algum asco o facto de que o inquérito que demorou meses a preparar acerca da licenciatura fantasma do Relvas ir pegar no ponto de ele não ter feito um exame por escrito e não tocar nas trinta e picos equivalências obtidas à custa de “experiência profissional comprovada” ? Ter obtido equivalências por ter sido presidente do rancho lá do Cu de Judas de Cima não é motivo suficiente só…

Continue reading

coisas do caraças

Destreinamento

Imaginem uma equipa de futebol. Existem 23 jogadores no plantel e mais uma equipa técnica com 5 ou 6 treinadores. Passam a pré-época a treinar lances de bola parada bem desenhados. Treinam, treinam e treinam. Fazem alguns jogos de treino e percebem que podem melhorar algumas coisas… alguns movimentos, algumas desmarcações, reduzem o número de possibilidades de erro nas jogadas. A uma semana do início de época estão todos a executar o plano da equipa…

Continue reading

coisas do caraças inutilidades

A EMoral…

Quando for grande quero ter um autocolante da EMEL no carro, que é para poder estacionar assim a carrinha enquanto ando a passar multas a quem “não está bem estacionado”. Como se pode ver era completamente impossível estacionar normalmente. Não, o senhor da EMEL não conseguia estacionar em paralelo com o passeio tal como todos os outros. Não, o senhor da EMEL fez questão de obstruir o passeio, ligar os quatro piscas e ir inspeccionar…

Continue reading

coisas do caraças Modernices

The King is dead. Long live the King!

O delírio das massas anti-pirata, dos defensores do bom nome e bons costumes da utilização “racional” da internet, durou hoje cerca de hora e meia. Por volta do meio dia surgiram notícias em tudo quanto era meio noticioso online do fecho forçado do Pirate Bay. Por volta das duas da tarde aquilo que se via no site do Pirate Bay era isto: É de ler o que diz a t-shirt. Uma mudança de servidor (e…

Continue reading

coisas do caraças jornalismo

Anonimato público

Esta notícia do JN deixa-me um bocado confuso. Então o homem pede anonimato ao JN e o jornal publica o nome, idade, localidade de residência, marca e modelo do carro, conteúdo da mesinha de cabeceira e idade do filho? A meu ver este tipo de interpretação do termo anonimato está incompleto por parte do jornalista e da redacção: faltam ainda o registo criminal, resultados das análises sanguíneas, ficha dentária e código do Visa.

Continue reading

coisas do caraças Politiquices

Olé!

Não sei com o que é que me rio mais: com o circo das eleições do Benfica ou com o circo da Assembleia da República que contratou o Manelito de Portugal para ser toureado pela oposição para divertimento das bancadas parlamentares. Imagem retirada do Expresso Segundo A Bola conseguiu apurar já existem negociações com Pedrito de Portugal para um contrato de 4 anos. A Assembleia da República está disposta a oferecer um salário de 450…

Continue reading

coisas do caraças

Também posso ter opinião sobre o Irão ou tenho que ir com a moda?

Correndo seriamente o risco de ser mal interpretado, custa-me ver toda esta onda de revolta anti-Ahmedinejad transformada em pouco mais do que uma moda. Todo o apoio incondicional a Musavi, o novo Obama do médio oriente, deve-se especificamente a quê? Também partilho da ideia de que Ahmedinejad é -nas sábias palavras citadas pelo Marco no Bitaites– um filho da puta, mas a onda mundial de apoio a Musavi garante que este também não o seja?…

Continue reading

coisas do caraças Modernices

2010 ainda está longe…

Mas já tenho a primeira resolução para o ano novo. A minha Peugeot a diesel de 92 está bem conservada mas não vai durar para sempre. O pára-arranca diário entre as Amoreiras e a recta dos Cabos d’Ávila também não ajuda em nada às contas do consumo médio. Desde há alguns anos para cá que tenho dito que a comprar um carro teria que ser um híbrido ou um eléctrico puro, mas verdade seja dita:…

Continue reading

coisas do caraças Modernices

Que raios

É como disse antes: quando tenho vontade de escrever cá é quando não posso. Uma mudança de armas e bagagens para outras paragens e viver (para já) sem uma ligação à net dá nisto… Tenho mesmo que me decidir por um ISP rapidamente. Ah, entretanto ninguém morreu por causa disto. Não surgiram buracos negros capazes de engolir a terra, o universo continua igual. Mais uma vez os palermas das conspirações e arautos da desgraça que…

Continue reading